quinta-feira, 29 de maio de 2014

KUAN YIN - AS ROSAS DA SERENIDADE

AS ROSAS DA SERENIDADE
Mensagem da Mestra Kuan Yin
Canalizada por Elsa Farrus
Em 23 de maio de 2014


Muitos de vocês estão vendo rosas quando trabalham em práticas energéticas, outros já foram chamados para o caminho das rosas.

Em toda casa e em cada um de vocês as rosas são parte de sua essência interior.

Rosa é o que chamamos, em muitos templos e iniciações do conhecido, como o selo do desconhecido.

É muito simples, quando se começa algo, põe-se uma semente, mas se desconhece se o fruto será o esperado ou se superará muito a primeira intenção.

Por isso a rosa é o símbolo do sagrado, é o símbolo do segredo da vida que traçará seu caminho.

E é o símbolo do desdobramento da informação que os orbitais de suas rosas-lótus internas contêm.



Todos e cada um dos seres vivos possuem em seu interior uma imensa rede de elétrons, grandiosa e extensa, de órbitas e desenhos que os seus elétrons geram ao traçarem percursos para se entrelaçarem com outros, ao compartilharem nutrição, informação, etc..



Todos eles têm milhões de traçados ou percursos, tantos como as camadas infinitas que um ser vivo tem de informação em seus corpos sutis ou aura, acrescido do que tem em seu campo eletromagnético.

Quando muitos de vocês estão desdobrando sua informação, impregnando com energia uma experiência, tais elétrons traçam órbitas de luz que vão e vêm de seis chakras se a experiência está completa; a isso chamamos de lótus de luz ou as rosas internas que têm e contêm a sua informação.

Eles também são este percurso, o que em muitas culturas chamam de mandalas, pois eles são uma secção horizontal de diferentes estados de consciência, e por sua vez, também modelos de informação que contêm novas informações que agregarão à sua consciência.




As rosas são o símbolo do sagrado em vocês, por isso, depois de cruzarem a quarta dimensão começam a visualizá-las e senti-las em seu interior, inclusive sem invocá-lad, como parte ativa de seus processos de cura ou de seus alinhamentos.

Por isso, em canalizações diferentes, estão entregando para vocês as matrizes originais de Gaia Maia criadas nos jardins de Maia e nas mansões de Sírio com hologramas e frequências de luz para que todas elas possam ser incorporadas em vocês de maneira gradual.

Elas são em si, por suas geometrias, cores e símbolos, chaves de luz que ao serem incorporadas em suas estruturas cristalinas lhes permitirá completar ou restaurar circuitos de luz de seu campo eletromagnético, assim como o trabalho direto com certas consciências que apoiarão vocês em seus processos pessoais.



As rosas em si são transformação.

Elas estão diretamente associadas com a Mestra e Mãe Maria, mas na realidade, são muitas as Mestras que trabalham com elas: eu, Kuan Yin, Palas Atena, Lady Nada, Aurora e todas as Mestras geneticistas do quinto sol de Alcyon, que trabalhamos com Metatron e outros Mestres para equilibrar e restabelecer a vibração das consciências.

As mansões são as escolas e por sua vez centros de criação de Sírio, Plêiades, Antares, Andrômeda e todo um legado de planos de consciência, onde se criam os hologramas e as geometrias que dão vida aos seus cristais internos; todos eles são o que permite a comunicação entre planos e entre as diferentes partes de seu organismo(estas fotos são quadros de mansões que eu via quando pequena em Sírio).





Eles, tais hologramas, sustentam a vida nos seres vivos de todos os planos de consciência e muitos deles, vocês os conhecem em seus planos de vida como símbolos ancestrais que algumas culturas guardaram e que são transmitidos de pais para filhos desde a antiga Lemúria.
Em seu planeta, quase cada cultura tem algum símbolo e na atualidade, muitos de vocês estão decodificando símbolos próprios em suas meditações em forma de códigos de luz, de Irdin ( Irdin) ou de símbolos geométricos.



Todos e cada um deles são portais de canalização ou planos de memória.

É por isso, que com a abertura desses símbolos de luz, que estamos reenviando para Gaia para que sejam ativados em suas memórias.

Cada ser tem suas próprias rosas, cada ser tem seus próprios códigos, cada ser reinventa e reestrutura seus códigos internos a nível pessoal ao entrar em contato com as rosas: elas contêm a chave de uma informação, o como se integra depende do coração de cada ser e da bagagem pessoal dessa alma vida após vida, tempo após tempo e de sua determinação para ser um com o universo.

As chamadas Rosas de Maria que se conservam em quase todas as tradições do planeta, são as rosas de luz de Cristal Gaia Maia.

Elas são a porta do alinhamento de sua consciência cristalina e o caminho de volta para a sua essência e vibração pessoal, que alinhará seu corpo físico ao seu campo eletromagnético.

Aguardamos vocês com muito amor desde os jardins de Maia.
Amada Kuan Yin



Quero agradecer a todos pelo compartilhamento das canalizações todos estes anos.
Foram me dadas na última semana onze rosas, cada uma delas com suas meditações e com seus códigos e suas mestras, utilidades e frequências.
Cada uma delas contém uma iniciação.
Todo esse material porei em um blog, gratuitamente, como me pediram os mestres, porei a orientação, mas demorarei uns dias para finalizar os desenhos e os áudios e postar tudo, pois eu mesma o faço.
Mas em uns dez dias no máximo as onze rosas que já tenho estarão disponíveis para todos.
Um forte abraço e obrigada.
Elsa




Tradução: Blog SINTESE http://blogsintese.blogspot.com/ 

SANANDA - CRIAR A MUDANÇA

CRIAR A MUDANÇA
Mensagem do Mestre Sananda
Canalizada por Elsa Farrus
Em 23 de maio de 2014


Amada menina, sou Sananda.

Vocês são os faróis de um tempo sem mais rumo do que a própria alma

Vocês são os geradores dos caminhos da possibilidade

Vocês são os criadores de um eterno presente em Gaia.

Só depende de vocês: vocês realmente são aqueles que decidiram como e quando criar a mudança e encarnaram para que ela se desse.

Então realmente agora é o tempo, o tempo de ser e estar...



A quinta dimensão é puramente um estado de consciência e dissemos em mais de uma ocasião, é o estado de ser, de amar e viver tudo sempre desde o princípio, desde a harmonia e o amor na vida, no que fomos e no que seremos, pois tudo é um em si mesmo.

A consciência diamantina é um legado de sua existência, é a chave de sua consciência lemuriana, como já lhes dissemos, ela é o veículo que os leva a todos os estados de memória universal, a todos os seus estados de consciência e a todos os registros de seus tempos e de suas aprendizagens como seres vivos em diferentes lugares, tempos e causas unidas a seus efeitos.

Nada fica separado quando se desperta a consciência do todo.

Não haverá mais separação em vocês e vocês serão automaticamente transportados para toda a informação que precisem a cada momento e a cada decisão.

Por isso esses anos tão intensos, para que vocês pudessem assumir este novo ritmo de vida desde 2014.

Os filamentos de seu DNA se unirão quando tiverem completado a geometria de seus corpos e ela lhes abrirá a união entre eles.

Este é um processo natural, à medida que aceitam sua identidade e têm equilíbrio em seu coração e sua vida exterior.

As geometrias sempre estiveram aí, pode ser que algumas estejam danificadas ou tortas, mas qualquer tipo de meditação, Reiki, energia com que trabalhem, sem dúvida estabilizará tais geometrias, inclusive as energias entrantes que estamos irradiando para Gaia que trabalham de maneira natural...

Seu único modo de viver é a coerência com vocês mesmos, o respeito ao que sentem e identificar a origem do que sentem se é dor ou egos ou a chamada interior pessoal.

Se escutarem e ousarem, tudo se recolocará gradualmente.

É assim, é real, já está feito em seus corpos de luz, somente no dia a dia demora um pouco mais para se plasmar.

Por isso se sentem tão esmagados energeticamente.

O próximo dia 25 de maio é 7-5-7, outro novo portal de consciência cristalina que consolidará o diamante interno de cada um de seus chakras para que sua integração de essência ao corpo físico aumente.

Por isso é muito recomendado que permaneçam em serenidade, em paz e com muita hidratação: isso lhes permitirá integrar mais do que nunca.



São tempos de profunda luz e de profundo reencontro com vocês mesmos.

Não é tempo de solidão e sim de intimidade para poderem sair para o mundo muito mais consolidados.

Amados, os esperamos com entusiasmo e sabendo que tudo é possível.

Agradecemos desde o Sol Central por seu apoio ao Elemental da água.

Ele multiplica suas vibrações, assim ajusta melhor as entradas de energia e se ajusta para as mudanças tectônicas no interior de Gaia.

Amamos vocês profundamente
Sananda e os irmãos do Sol de Alcyon.



Obrigada a todos pelo compartilhamento gratuito desta canalização.
Um abraço,
Elsa




Tradução: Blog SINTESE http://blogsintese.blogspot.com/

Extraído de: http://blogsintese.blogspot.com

MELQUIDESEQUE - OS GRAUS DE SINCRONIZAÇÃO

OS GRAUS DE SINCRONIZAÇÃO
Mensagem de Melquisedeque
Canalizada por Elsa Farrus
Em 22 de maio de 2014


Amada menina, aquilo que vocês chamam sincronia é na realidade os graus de afinidade para os recursos ou aprendizagens de sua alma.

São as facetas em que a viagem de aprendizagem de cada um se dá de maneira voluntária.

Quando está em vocês, está para vocês.

O que significa isso?

Que quando vocês repetem e repetem uma aprendizagem, não é por causa do chamado “karma”, é porque escolheram aprender mais sobre isso, escolheram aprofundar até alcançar a totalidade da experiência.

No universo não há castigos, não há julgamentos, não há classificações, isso está somente em suas mentes...

No universo somente há experiência, construção, aprendizagem e integração, essas são as chaves ou fases das sincronias.

Inclusive quando as coisas vão mal, vocês estão em sincronia...

Só que parece que vocês não avançam, mas isso não significa que não estão em sincronia.

Porque o resultado não é o que pensavam ou desejavam, o resultado é a sincronia de seu caos pessoal ou de seu ambiente ou de alguma pauta de conduta, mas está sempre em sincronia.

As sincronias não são provocadas, não são planejadas, não são escolhidas.

Elas são o conjunto de fótons que se ligam de maneira imediata por afinidade.

Sim, fótons, vocês são luz, são energia e são poder, afinidade física em vocês, em seus corpos, a alimentação, por exemplo, é um processo físico entre os muitos outros que se dão em seu corpo e vocês não prestam atenção porque acontecem automaticamente...



Tudo é luz fotônica, tudo é ligações, seu corpo, seu campo eletromagnético ou aura, seu ambiente, suas relações, suas meditações, tudo é um eterno dar e receber, e assim flui desde o princípio dos tempos.

Os únicos responsáveis por não fluir são vocês mesmos.

E insistimos, flui, ainda que tudo seja um caos, ou dor ou estagnação para que possam tomar consciência novamente de algo que há de completar sua experiência e assim poderem avançar para uma nova realidade.

No universo não há hierarquias, nem sequer nos anjos, nem mestres...

Tudo isso é classificações humanas.

Todos nós somos um e trabalhamos profundamente para essa unidade, cada um em suas virtudes ou com suas ferramentas, sem impedir uns aos outros, sem uns decidir pelos outros, sem expectativas.

Todos em unidade.

Para alcançar esta unidade, o talento das energias entrantes das próximas horas e dias, até o solstício de dezembro, é para intensificar as experiências humanas e para que vocês possam reconhecer onde está o caminho e onde já se encerrou, porque suas almas assim escolheram.

É tempo de consolidar as escolhas de todos aqueles que escolheram viver em Maia Gaia na ascensão, é tempo de adaptar suas frequências, por isso estão se juntado aprendizagens para serem resolvidas por vocês mesmos a partir da consciência.

Amados, permitam-se experimentar, sentir, amar e viver.



E lembrem-se de que o motor de suas sincronias e de sua vida é o chakra do coração unido à sua mente: vocês não podem criar à vontade ou harmonicamente se os dois não estão perfeitamente sintonizados e em pleno funcionamento.

Rejeitar a mente não é o caminho, ela impulsiona e dá voz às criações do coração quando é harmônica, e acreditar que o poder mental é o caminho sem esvaziar o coração do passado e sem amar a Terra, seu corpo físico e sua encarnação atual, somente fará com que todos os processos caiam por si mesmos.

Vocês são e nós somos seres completos em unidade, não importa o planeta, o plano de consciência, nem o tempo, a separação está somente em “seus arquétipos mentais externos”, não em sua essência: esse é o caminho de volta para casa, essa é a Unidade autêntica.

Feliz dia a todos, um abraço desde o Sol Central de Alcyon,
Mestre Sananda e Melquisedeque



Muito obrigada a todos por compartilhar a informação.
Um beijo,
Elsa


Tradução: Blog SINTESE http://blogsintese.blogspot.com/ 

Extraído de: http://blogsintese.blogspot.com

VOCÊ PODE TUDO!



VOCÊ PODE TUDO!
Por Tom Sousa


Manter-se preso a expectativas limitadas significa limitar-se.

Achar que não podemos ou não merecemos algo significa destruir nosso poder e nossa capacidade de merecimento.

Estabelecer condições e limitações significa enclausurar-se em cada uma delas.

Manifestar um desejo não significa atrair algo em nossa direção, algo que esteja em algum limbo de Saturno ou de Vênus... ou em alguma dimensão desconhecida tipo “Além da Imaginação”.

Manifestar um desejo não significa ter de fabricar com desejos e vibrações algo que ainda não existe.

Manifestar um desejo significa apenas se colocar na frequência de algo que já está presente, pronto e acabado... apenas esperando nosso:  “Torna-te visível! Estás aqui e Agora prontinho pra mim!”

Atraímos pra nós o que já existe. 

Exatamente como fazemos quando estamos no conforto de nossas cabines de luxo, seja no linving room ou no quarto e, lá pelas tantas, “bate” uma vontade de comer ou de beber algo. Se já estamos à vontade por ali e não queremos nos vestir pra ir comer, beber ou buscar algo no bar ou no restaurante, o que fazemos? Pegamos o interfone e apenas solicitamos aquilo que desejamos!

Sabemos que o infinito de possibilidades está presente nas despensas, depósitos e na adega de nosso Expresso. Sabemos que tudo está devidamente estocado e que basta pedir. Feito o pedido, basta aguardar que nos tragam em pouquíssimo tempo.

Jamais duvidamos de que seremos plenamente satisfeitos.
Pelo contrário. Sabemos que seremos satisfeitos abundantemente.

Não se trata de um “será que eu posso?”, de um “será que consigo?” ou muito menos de um “será que mereço?”

Trata-se simplesmente de um “Eu posso TUDO! Só está fora de meu alcance aquilo que EU estabelecer que assim está!”

Não há limitações externas pro que podemos SER, TER ou FAZER.
O “exterior”, o lado de fora da tua pele não determina, estabelece ou fixa coisa alguma!

É tudo uma relação íntima de ti contigo mesmo.
Sempre foi, é e sempre será.

É tudo um mero ato de levantar teu interfone vibracional do gancho e solicitar.

Se deixá-lo no suporte descansando ele nada fará por si mesmo.
Por mais que berres de fome ou de sede.

Relação íntima, sagrada e cheia de energia.

Tua, contigo e de mais ninguém.


Por favor, respeite todos os créditos ao compartilhar.
http://stelalecocq.blogspot.com/2014/05/voce-pode-tudo.html
Texto postado por Tom Sousa no facebook

Extraído de: http://stelalecoqc.blogspot.com

ECKHART TOLLE ELUCIDA SOBRE TELEVISÃO


ECKHART TOLLE ELUCIDA SOBRE TELEVISÃO


Para um número significativo de pessoas, ver televisão é algo “relaxante”. Observe a si mesmo e verá que, quanto mais tempo sua atenção permanece tomada pela tela, mais sua atividade intelectual se mantém suspensa.

Assim, por longos períodos você estará assistindo a atrações como programas de entrevistas, jogos, shows de variedades, quadros de humor e até mesmo a anúncios sem que quase nenhum pensamento seja gerado pela sua mente.

Você não apenas deixa de se lembrar dos seus problemas como se torna livre de si mesmo por um tempo – e o que poderia ser mais relaxante do que isso?

Então ver televisão cria o espaço interior?
Será que isso nos faz entrar no estado de presença?

Infelizmente, não é o que acontece.

Embora a mente possa ficar sem produzir nenhum pensamento por um bom tempo, ela permanece ligada à atividade do pensamento do programa que está sendo exibido. Mantém-se associada à versão televisiva da mente coletiva e segue absorvendo seus pensamentos.

Sua inatividade é apenas no sentido de que ela não está gerando pensamentos. No entanto, continua assimilando os pensamentos e as imagens que chegam à tela. Isso induz um estado passivo semelhante ao transe, que aumenta a suscetibilidade, e não é diferente da hipnose.

É por isso que a televisão se presta à manipulação da “opinião pública”, como é do conhecimento de políticos, de grupos que defendem interesses específicos e de anunciantes – eles gastam fortunas para nos prender no estado de inconsciência receptiva. Querem que seus pensamentos se tornem nossos pensamentos e, em geral, conseguem.

Portanto, quando estamos vendo televisão, nossa tendência é cair abaixo do nível do pensamento, e não nos posicionarmos acima dele. A TV tem isso em comum com o álcool e com determinadas drogas. Embora ela nos proporcione um pouco de alívio em relação à mente, mais uma vez pagamos um preço alto: a perda da consciência.

Assim como as drogas, essa distração tem uma grande capacidade de viciar. Procuramos o controle remoto para mudar de canal e, em vez disso, nos vemos percorrendo todas as emissoras.

Meia hora ou uma hora mais tarde, ainda estamos ali, passeando pelos canais. O botão de desligar é o único que nosso dedo parece incapaz de apertar. Continuamos olhando para a tela. Porém, normalmente não porque algo significativo tenha chamado nossa atenção, e sim porque não há nada interessante sendo transmitido.

VIDEO: TELEVISION IS A DRUG

Depois que somos fisgados, quanto mais trivial e mais sem sentido é a atração, mais intenso se torna nosso vício.

Se isso fosse estimulante para o pensamento, motivaria nossa mente a pensar por si mesma de novo, o que é algo mais consciente e, portanto, preferível a um transe induzido pela televisão. Dessa forma, nossa atenção deixaria de ser prisioneira das imagens da tela.

O conteúdo da programação, caso apresente alguma qualidade, pode até certo ponto neutralizar, e algumas vezes até mesmo desfazer, o efeito hipnótico e entorpecedor da TV. Existem determinados programas que são de uma utilidade extrema para muitas pessoas – mudam sua vida para melhor, abrem seu coração, fazem com que se tornem mais conscientes.

Há também algumas atrações humorísticas que acabam sendo espirituais, mesmo que não tenham essa intenção, por mostrarem uma versão caricata da insensatez humana e do ego.

Elas nos ensinam a não levar nada muito a sério, a permitir um pouco mais de descontração e leveza na nossa vida. E, acima de tudo, nos ensinam isso enquanto nos fazem rir. O riso tem uma extraordinária capacidade de liberar e curar.

Contudo, a maior parte do que é exibido na televisão ainda está nas mãos de pessoas que são totalmente dominadas pelo ego. Assim, a intenção oculta da TV é nos controlar nos colocando para dormir, isto é, deixando-nos inconscientes.

Evite assistir a programas e anúncios que o agridam com uma rápida sucessão de imagens que mudam a cada dois ou três segundos ou menos. O hábito de assistir à televisão em excesso e essas atrações em particular são duas causas importantes do transtorno de déficit de atenção, um distúrbio mental que vem afetando milhões de crianças em todo o mundo.

A atenção deficiente, de curta duração, torna todos os nossos relacionamentos e percepções superficiais e insatisfatórios. Qualquer coisa que façamos nesse estado, qualquer ação que executemos, carece de qualidade, pois a qualidade requer atenção.

O hábito de ver televisão com freqüência e por longos períodos não só nos deixa inconscientes como induz a passividade e drena toda a nossa energia. 

Portanto, em vez de assistir à TV ao acaso, escolha os programas que despertam seu interesse.

Enquanto estiver diante dela, procure sentir a vívida atividade dentro do seu corpo – faça isso toda vez que se lembrar.

De vez em quando, tome consciência da sua respiração.

Desvie os olhos da tela em intervalos regulares, pois isso evitará que ela se aposse completamente do seu sentido visual.

Não ajuste o volume acima do necessário para que a televisão não o domine no nível auditivo.
Tire o som durante os intervalos.

Procure não dormir logo após desligar o aparelho ou, ainda pior, adormecer com ele ligado.


Eckhart Tolle - trechos do livro 
"O Despertar de Uma Nova Consciência" - Editora Sextante.

Por favor, respeite todos os creditos ao compartilhar
Mensagem postada por Celia Gilman no Ning Anjo de Luz
Grata Celia!




LUZ!



Extraído de: http://stelalecoqc.blogspot.com
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...