quarta-feira, 31 de dezembro de 2014

AFIRMAÇÕES POSITIVAS PARA 2015



AFIRMAÇÕES POSITIVAS PARA 2015

Por Leo Chioda


As afirmações positivas podem operar mudanças maravilhosas em sua vida neste novo ano. Para isso, certifique-se de que você realmente acredita que merece essas transformações e entenda que escrever ou dizer repetidas vezes algumas frases não basta para que elas funcionem. É preciso conscientizar-se de que você, somente você, tem poder sobre sua vida a ponto de fazê-la mudar para melhor.

Uma forma eficiente de manter suas afirmações sempre em dia é anotando-as num caderno ou mesmo em cartões que devem ser deixados sempre à vista, para que você os leia em voz alta.

Lembre-se de manter suas afirmações no tempo presente, como se os seus desejos já estivessem acontecendo. Essa postura já modifica o seu pensamento e até mesmo o seu entendimento daquilo que tanto almeja, trazendo para a realidade do aqui e agora.

Diante de pensamentos negativos ou certa relutância em conseguir afirmar as positividades, pare e repense suas razões: você realmente acredita que não pode conseguir melhorias em sua vida íntima? Ou então no trabalho, na convivência familiar?

Entenda que pode ser difícil mudar um padrão de pensamento, mas as transformações positivas devem vir exclusivamente de você. Essas "palavras mágicas" precisam ser exercitadas até você entender o mecanismo das afirmações, que surte efeito gradativo.

Faça com que elas participem do seu cotidiano e experimente aplicá-las em diversos setores da vida, como na sua autoestima, no trabalho ou no amor. As mudanças poderão ser surpreendentes.

Como usar as afirmações positivas

Comece escrevendo ou falando "Em 2015......", seguido das frases que você considera mais urgentes.

Outra possibilidade é criar as suas próprias afirmações.
Siga o modelo e respeite o tempo verbal para que elas provoquem mudanças no tempo adequado.

Se você afirmar "No futuro eu serei rico(a)", a frase é apenas uma hipótese, um acontecimento que pode virar realidade no futuro, não agora. Por outro lado, a frase "Eu sou rico(a) hoje e sempre" mostra que sua postura mental está relacionada com a ideia de riqueza, no momento em que profere ou escreve essa afirmação.

São as pequenas regras que garantem o seu sucesso.
Anote suas afirmações e deixe-as sempre perto de você.

A frequência com que as repete é que lhe farão perceber as transformações.

Muito sucesso e um feliz 2015!

Amor

O amor faz milagres em minha vida
Sou verdadeiramente feliz ao lado da pessoa que amo
Meu coração irradia amor e paz
Eu me sinto amado(a) e protegido(a) a cada minuto
Eu atraio cada vez mais felicidade e amor
A minha vida amorosa é verdadeira e inabalável
É seguro demonstrar e receber amor todos os dias

Autoestima

Todos os meus desejos se realizam
Tenho todas as condições para demonstrar que sou feliz
Minha rotina é sempre próspera
É maravilhoso ser quem sou
Aproveito cada minuto com alegria e sabedoria
Consigo realizar tudo o que desejo
Eu me amo de verdade
Tenho o poder de realizar os meus desejos
Meu corpo se torna cada vez mais saudável
Eu agradeço por receber tantas maravilhas diariamente

Trabalho e dinheiro

O meu trabalho é o melhor trabalho do mundo
O dinheiro que gasto retorna em maior quantia
A serenidade toma conta das minhas tarefas
O sucesso financeiro é uma realidade para mim
A sabedoria toma conta dos meus negócios
Sou criativo e poderoso em tudo o que faço
Eu mereço e conquisto sucesso profissional
Eu sou a criatividade em pessoa
A minha relação com o dinheiro é saudável

Família e amigos

Eu atraio pessoas alegres e verdadeiras
Minha família é sempre unida e presente
Tenho pessoas maravilhosas ao meu redor
Conquisto amizades autênticas com facilidade
As pessoas que eu amo estão sempre perto de mim
Meus amigos são verdadeiros anjos em minha vida
Eu sou extremamente amigo(a) e sou reconhecido(a) por isso

Por favor, respeite todos os créditos ao compartilhar
http://stelalecocq.blogspot.com/2014/12/afirmacoes-positivas-para-2015.html
Leo Chioda - É escritor e tarólogo. Dedica-se a palestras sobre Tarot, pesquisas históricas e prática da leitura das cartas.
Fonte: Ning Anjo de Luz

Extraído de: http://stelalecocq.blogspot.com

MOSTRE-SE, ASSUMA-SE E AVANCE!



MOSTRE-SE, ASSUMA-SE E AVANCE!

Relatório da Energia Astrológica de 2015
Sarah Varcas
23/12/2014



O ano 2015 caracteriza-se por uma energia marcadamente diferente da “norma” dos três últimos anos. A quadratura Urano/Plutão, que começou em 2012, chega ao fim em 2015, depois de nos fazer sentir intensamente os efeitos de sua presença.

Vidas foram viradas de cabeça para baixo, pontos de vista mudaram para sempre, circunstâncias se reformularam a ponto de ficarem irreconhecíveis. Perdemos coisas, pessoas e lugares que pensávamos serem imprescindíveis à nossa vida e descobrimos novos modos de ser que acreditávamos jamais serem possíveis.

Algumas pessoas foram tocadas mais profundamente do que outras. Algumas, de um modo extremamente positivo. Outras enfrentaram o que lhes pareceu uma devastação.
  
Em termos muito básicos, Urano é a mudança repentina e inevitável, enquanto Plutão é o poder destrutivo e/ou criativo. Quando estes dois trabalham juntos, choques e surpresas estão garantidos, assim como o renascimento das cinzas da destruição e a possibilidade de uma nova vida, se enfrentarmos o desafio e nos empenharmos em cavalgar as ondas e ver aonde finalmente chegaremos para descansar.

No primeiro semestre de 2015, muitos descobrirão onde estão agora, depois de tantos meses de luta para manter a cabeça acima d’água. Terra seca novamente e luz do dia para enxergar o terreno!

Vai ser tentador olhar para trás para tudo o que aconteceu e se refletiu nas reviravoltas que nos trouxeram a este lugar. Refletir é bom, mas é melhor evitar entregar-se à nostalgia ou melancolia por coisas passadas, pois há muito a ser feito agora.

O que passou, passou e, embora possivelmente ainda estejamos mergulhados no processo de ajustamento, tristeza ou cicatrização dos ferimentos sofridos, é importante nos mantermos conscientes do que fazemos com a nossa atenção, onde a deixamos se assentar e por quê. O futuro nos aguarda e o presente é abundante em potencial.

Gastar energia demais com o passado, de maneira que não nos leve a emergir em plenitude, é desperdiçar energia num momento em que não podemos nos dar a esse luxo. O ano que vem nos desafia a usar cada grama de energia para promover o nosso despertar coletivo e não para nos ninar de volta a um estado de inconsciência, simplesmente porque isto é mais fácil.

No dia 18 de fevereiro (GMT), teremos uma importante Lua Nova, exatamente no limite entre Aquário e Peixes. Será uma Lua Negra (a segunda Lua Nova em um mês solar) e, ao mesmo tempo, uma Super Lua (embora não a mais poderosa Super Lua do ano; teremos que esperar até setembro por essa!).

Depois de passarmos as últimas semanas acomodando-nos ao nosso novo terreno, teremos agora a oportunidade de decidir o que desejamos fazer com este ano. Esse será um ótimo momento para nos comprometermos com novos começos, mas precisamos nos certificar de que sejam suficientemente novos para serem dignos dessa energia especialmente poderosa.

Olhem para trás, para a Super Lua de 10 de agosto de 2014 e lá encontrarão as sementes do momento presente. Os ajustes e alterações necessários naquela ocasião vão começar a dar frutos de agora em diante, na medida em que nos comprometemos a incorporá-los como uma parte viva de quem nós somos, e não apenas como um rótulo para usarmos quando nos sentirmos suficientemente motivados a ser diferentes por um tempo!

Daí a necessidade de os atuais novos começos serem realmente novos e não simplesmente uma repetição dos compromissos assumidos no passado, mas nunca cumpridos. O cosmos exige inovação profundamente criativa neste momento. Se realmente quisermos fazer a nossa parte pela evolução deste planeta, pelo nascimento da Era Aquariana, então eis aqui a nossa chance de nos mostrarmos, nos assumirmos e avançarmos, sem restrições!

Em meados de março teremos a última quadratura exata Urano/Plutão, antes que este alinhamento comece a se desfazer à medida que o ano progride. Nos últimos anos, tantas coisas foram escritas por tantas pessoas a respeito deste aspecto, que muito pouco ficou por dizer! Entretanto, desta vez Júpiter acrescentará seu valor a essa combinação, lembrando-nos que a conscientização do eu e do espírito requer aceitação completa, tanto do reino físico quanto do reino imaterial.

Precisamos abraçar tudo para nos tornarmos inteiros. Não há nenhuma necessidade de rejeitar ou se desconectar de um nível de experiência em favor de outro. Qualquer crença que ainda conservemos que iguale espiritualizado a especial, raro, supersensível e sensitivo será duramente contestada por este alinhamento final entre Urano e Plutão, pois eles exigem que reconheçamos “espiritualizado” simplesmente como ser consciente do todo: do físico, mental, emocional e espiritual.

Ser espiritualizado é ser inteiro – pura e simplesmente. 

Quando estivermos despertos para esta verdade, nós seremos o que somos: uma força da natureza, um ponto de percepção, o universo despertando para a sua própria presença. Quando conseguirmos incorporar o espírito na nossa forma material, ancorar verdades multidimensionais em nossa vida diária, reconhecer o campo unificado de energia que conecta a todos nós e reafirmar, a cada momento, nosso compromisso de conhecer estas verdades cada vez mais profundamente, então seremos espiritualizados.

E não teremos nenhuma necessidade de rótulo nem identidade, reconhecimento nem elogios por sermos assim, porque a vida – que é tudo o que somos – não precisa de nada além de seguir sua própria natureza.

Um eclipse solar no último grau do zodíaco, poucos dias depois da quadratura final entre Urano e Plutão, deixará claro que alguma coisa terminou agora – caso ainda não o tenhamos percebido. Se ainda estivermos nos agarrando aos vestígios do que fomos um dia, a uma velha identidade que pensávamos ser nossa para sempre, a amores ou estilos de vida passados, está na hora de finalmente liberarmos tudo isso e seguirmos adiante.

Um eclipse lunar em Libra no dia 4 de abril levantará a questão dos relacionamentos e seu papel de espelho voltado para o nosso eu interior. O modo que lidamos com nossa própria individuação e independência, que satisfazemos nossa necessidade de segurança e garantias, que percebemos subjetivamente nos outros, tudo isto será realçado nesse momento; e a disposição de reconhecer a saúde de nossos relacionamentos mais importantes como um reflexo do nosso próprio bem-estar será recompensada com insights e revelações.

Em meados de maio, o asteróide Juno estará em conjunção com Júpiter, simbolizando o casamento sagrado entre o divino masculino e o divino feminino, a união dos opostos através da qual é gerado um terceiro estado independente de ambos. Nesse momento, poderemos ter a experiência direta do que significa ser totalmente auto-suficiente e, ao mesmo tempo, completamente uno com o outro.

Poderemos oferecer tudo de nós aos relacionamentos, enquanto, ao mesmo tempo, retemos tudo para nós mesmos. Tais paradoxos serão esclarecidos na disposição de não assumirmos uma atitude de “isto ou aquilo”, “separado ou fundido”, mas de enxergarmos além, num estado de ser em que podemos abrir mão do nosso (pequeno) eu enquanto conservamos o nosso Eu (divino), sabendo que nada pode diminuir este último.

Vênus estacionará retrógrado no primeiro grau de Virgem em 25 de julho (GMT) e viajará retrógrado através de Leão até 6 de setembro, voltando finalmente a Virgem em outubro. Este será um ciclo de “quase lá, mas não tanto”.

A deusa do amor nos lembra que o amor do eu é divinamente ordenado e, ao mesmo tempo, um truque do ego. É vital discernir entre os dois. E a passagem retrógrada de Vênus através de Leão nos oferecerá a chance de fazer exatamente isto antes de nos acomodarmos em Virgem, e relembrará (citando a Primeira Carta de João do Novo Testamento) que “primeiro nós fomos amados”.

Vênus em Virgem nos lembra que o amor é o nosso estado natural, o alento que anima todas as coisas, e que qualquer dificuldade que tenhamos para aceitar ou entender isto realça uma concepção errônea a respeito de sua verdadeira natureza – uma concepção errônea que deverá ser esclarecida no decorrer do ano.

Por volta do final de 2015 é muito provável que saibamos, mais profundamente do que nunca antes, que o amor está longe de ser corações, flores, doçura e luz, como achávamos que fosse, mas – ao contrário – é uma força poderosa que pode trazer até as coisas mais fraturadas e quebradas de volta a um estado de inteireza, não importa o que aconteça.

Em setembro, Saturno dará seu adeus final a Escorpião ao se estabelecer em Sagitário pelos próximos dois anos. Momento para viver as verdades que vieram à tona com toda a busca da alma exigida por sua jornada através de Escorpião nos últimos três anos!

Como Júpiter, regente de Sagitário, deixou claro em março no fim da quadratura Urano/Plutão, a verdade é redundante se não a incorporarmos e respeitarmos nas minúcias do nosso dia-a-dia.

Saturno em Sagitário nos lembra que a espiritualidade sutil, que exige condições especiais para existir, é um pretexto hoje em dia. Devemos ser capazes de viver a verdade espiritual em meio ao mundano, e não passar nossos dias esperando por aquele momento em que poderemos ir para outro lugar e ser espiritual de novo.

Toda e qualquer ideia de que “espiritual é igual a especial” será repetidamente desafiada por Saturno nos próximos dois anos. Nossa tarefa é reconhecer que espiritual não é um rótulo que nos distingue da multidão, mas sim um aspecto da existência humana que qualquer um pode optar por reconhecer a qualquer momento.

A mente egoica vai brincar com estas coisas, transformando “espiritualizado” numa conquista ou designação de superioridade, mas não é nenhuma das duas. Espiritual simplesmente é. E cada um de nós é isto: espírito feito carne, humano e divino, em todos os momentos de todos os dias.

A chegada de Saturno em Sagitário estará ensanduichada entre um eclipse solar em Virgem, no dia 13 (GMT) e uma Super Lua e eclipse lunar em Áries no dia 28 (GMT), marcando setembro como um mês de grandes influências.

O eclipse solar enfatizará as energias primárias que fluem através de nós e a necessidade de domesticá-las, de não suprimi-las ou evitá-las, mas aproveitá-las e aplicá-las com sabedoria e presença. Se lhes permitirmos reinar totalmente sem usar de sabedoria, poderemos criar situações que impeçam o fluxo natural da nossa vida, bloqueiem o progresso ou destruam as coisas que valorizamos.

O fato de estarmos conscientes destas energias e criarmos intimidade com elas, reconhecendo que tanto podemos ser ferozmente compassivos quanto cegamente egoístas, tanto pacíficos e amorosos quanto enraivecidos, tanto esperançosos quanto desesperados, nos capacitará a aceitar a nós mesmos como somos e a resolver ser o mais autênticos e honestos possível.

Isto exige sabedoria e fortaleza, uma disposição para sermos, ao mesmo tempo, vulneráveis e poderosos, autoconfiantes e extremamente conscientes da nossa própria insignificância neste vasto universo que chamamos de lar.

As energias desse mês nos desafiarão a estar o mais despertos que pudermos, para que, ao chegar o eclipse lunar, possamos consolidar o que isto significa em termos da nossa vida cotidiana, reconhecendo a crescente necessidade de mais e mais pessoas se disporem a fazer o que for preciso e caminhar a milha extra para o nascimento da florescente Era Aquariana, à beira da qual nos encontramos agora.

O último trimestre de 2015 verá o advento do próximo alinhamento importante para assumir a brecha deixada pela dissolução da quadratura Urano/Plutão no início desse ano. Desta vez teremos Saturno em quadratura com Netuno, sinalizando a fase final de um ciclo de 36 anos, que começou em 1989.

Este aspecto continuará por todo o ano de 2016, mas primeiro fará um alinhamento exato no fim de novembro de 2015. Aqui encontraremos a tensão entre verdade e dogma, realidade e ilusão, compromisso e irresponsabilidade, isolamento e unidade. Crenças sofrerão pressão: Será que resistem à análise? Será que se mantêm em face da experiência? Será que são verdadeiras ou apenas confortadoras?

No decorrer desse alinhamento, todos nós teremos que olhar de frente para os aspectos de nossas vidas onde somos mais dogmáticos e aceitar que aquilo que gostaríamos que fosse claro e certo, irrefutável e, portanto, verdadeiro, pode ser tudo menos isso.

Nesse ponto do ano, todos estaremos embarcando numa viagem de auto-descoberta, onde poderemos ver ícones derrubados e heróis depostos; mas que acabará nos levando de volta a nós mesmos, ao espaço tranquilo e silencioso de um coração que conhece a verdade tão profundamente que nenhum dogma ou argumento se faz necessário. O Nodo Norte nos ajudará na busca pela verdade final, enquanto novembro de 2015 o verá mover-se para Virgem pelos próximos dezoito meses.

Assim ficará definido o tema para 2016, enquanto 2015 chega ao fim: a verdade em todas as suas formas, a natureza da perfeição e o quanto cada momento é realmente perfeito, independentemente do que pensamos ou sentimos a respeito dele.



http://stelalecocq.blogspot.com/2014/12/mostre-se-assuma-se-e-avance-relatorio.html
©Sarah Varcas
Fonte: http://astro-awakenings.co.uk/2015-astro-energy-report
Tradução de Vera Corrêa veracorrea46@ig.com.br
Grata Vera!

Extraído de: http://stelalecocq.blogspot.com

terça-feira, 30 de dezembro de 2014

BYE, BYE 2014 - OLÁ NOVO CICLO


BYE, BYE 2014 -  OLÁ NOVO CICLO

MENSAGEM DE JENNIFER HOFFMAN
29 de Dezembro de 2014


Esta é a última mensagem de 2014.

Passamos juntos por um ano bastante desafiador. Sei que não sou a única a querer saber como o tempo passou tão rápido e o que tem acontecido em minha vida nos últimos nove anos. Há grandes partes de tempo, desde 2003, que eu mal me lembro e me pergunto o que estava acontecendo no éter, onde fazemos uma grande quantidade de trabalho de energia.

Sei que muitos se sentiram como se estivessem em animação suspensa durante este tempo, e que parte de nossa jornada individual e coletiva chegou ao fim.

Sobrevivemos e superamos uma ampla variedade de problemas e estamos agora à beira de um novo paradigma.

Para onde iremos a partir daqui?
Para onde quisermos ir.

Em algum momento teremos que sair do vagão de cura e começarmos a colocar em ação o que aprendemos. Este é o ingrediente que falta e que fará a diferença em 2015. Assumam um risco e ajam, ou se sentem e esperem que o Universo lhes diga o que fazer, e esperem os resultados.

Já passamos por tantas coisas para chegarmos até aqui; não vale a pena sair do carro e dar uma olhada? Este é o tema da mensagem desta semana.

Gostaria também de ter um momento para lhes agradecer pela sua presença, generosidade e apoio neste ano. Estou honrada por estar compartilhando esta jornada com vocês e estou ansiosa por mais partilhas e celebrações em 2015.

Desejo-lhes uma Feliz Temporada de Festas e um ano novo próspero, abençoado e abundante.

BYE, BYE 2014. 
OLÁ NOVO CICLO

É o final de um ano bastante difícil e uma coisa pela qual eu sou grata, é por não ter tido quaisquer problemas graves de saúde, como tive em anos anteriores. Estou feliz de ver este fim de ano, porque em muitos níveis, é uma lufada de nova energia, com certas condições.

É também o final de um ciclo em que estivemos desde 2006 e em que estivemos trabalhando arduamente durante os últimos nove anos. Agora podemos passar para outras coisas e começarmos a colocar em ação o que aprendemos. O que isto significa para vocês? Tudo o que quiserem, mas, em primeiro lugar, vamos falar sobre estas condições.

Assim, grande parte dos últimos nove anos foi passada limpando, curando, recalibrando a energia, trabalhando através dos problemas e estes tipos de atividades que se tornaram hábitos. Passamos tanto tempo curando e limpando, que ficamos presos nos ciclos de cura.

Sim, foi um trabalho importante e necessário, e foi o trabalho que viemos fazer, mas isto está diminuindo, enquanto nos preparamos para novas aventuras.

Será que concluímos realmente?

Será que nos atrevemos a considerar outras opções, somente para sermos atraídos para outra jornada de cura?

Quem fará o trabalho de cura se não estivermos disponíveis?

Depois de limpar vidas de karma e destino, estamos preparados para a criação e a autodeterminação e afirmarmos que dominamos esta parte de nossa jornada?

Outra condição de entrada em nosso novo ciclo está em tomar medidas. Ouço, muitas vezes, de clientes: “Estou esperando que o Universo me diga o que fazer”, e sei que eles dizem isto porque eles querem fazer a coisa certa (e não fazer algo errado), assim eles ficam esperando por permissão e instruções.

Mas eles estão também negando a sua mestria e a verdade divina, e não confiando em si mesmos.

Qualquer ação começa com o menor passo e, a fim de experienciarmos os novos paradigmas de uma forma agradável, devemos estar dispostos a agir através de nossa própria intenção e não esperarmos que alguém, ou algo, diga-nos que não há problema algum em deixarmos os nossos ciclos de cura e avançarmos.

Uma terceira condição é o auto-serviço. Isto significa que usamos o discernimento para avaliarmos o impacto de nosso próximo movimento em nós mesmos. Uma das razões por que é tão difícil de agir é olharmos para as necessidades de todos e, então, tentarmos encaixar as nossas necessidades em torno deles.

Agora temos que colocar as nossas necessidades em primeiro lugar, apoiarmo-nos e aos nossos sonhos e intenções, e deixarmos que todos escolham como eles irão nos responder.

A pergunta mais poderosa que podemos fazer é: “Como é que isto serve à minha intenção para a minha vida agora?”, e deixem que a resposta nos guie em nossas escolhas.

O discernimento não é uma forma de julgamento, decidindo se algo é bom ou ruim. É um processo de alinhamento e de ressonância, decidindo se algo se encaixa em nossa energia e em nosso paradigma da nova terra, para a nossa vida, ou não.

Será que este poderá ser um ano fantástico, cheio de alegrias e abundante?

Sim, pode, da forma que outros anos não puderam, porque tivemos que gastar todo este tempo limpando e curando, processando a energia e fazendo todo o trabalho que fizemos neste ciclo, mas concluímos isto. Haverá mais cura a fazer, no futuro, de novas formas que sejam equilibradas e integradas ao nosso novo caminho, propósito, potencial e capacitação.

Tudo em nossas vidas, a partir deste ponto em diante, tem que estar alinhado com a nossa intenção, ressoar com a nossa energia, expandir o nosso potencial, servir-nos de maneiras alegres, ser parte de nosso propósito alegre e nos capacitar.

Não é pedir muito. Estivemos trabalhando tão arduamente para chegarmos a esta fase da ascensão, que é o momento para aproveitarmos os benefícios do nosso trabalho e dar uma pausa bem merecida. Isto não significa ficarmos sentados em um sofá, à espera que o Universo nos diga o que fazer, ou nos dê permissão.

Significa agirmos, estarmos alinhados com a nossa intenção, ter o auto-serviço, a alegria, expandindo as etapas de ação, sabendo que o Universo apenas diz “sim”, e apóia tudo o que fazemos. Temos agora a luz verde. É o momento de deixar a encruzilhada e definir um rumo para um futuro cheio de alegrias.

http://stelalecocq.blogspot.com/2014/12/jennifer-hoffman-bye-bye-2014-ola-novo.html
http://enlighteninglife.com/
Tradução: Regina Drumond – reginamadrumond@yahoo.com.br
Grata Regina!

Extraído de: http://stelalecocq.blogspot.com

O MANUSCRITO DE SOBREVIVÊNCIA PARTE 431



O MANUSCRITO DE SOBREVIVÊNCIA 
PARTE 431
Os Companheiros Constantes 
Canal: Aisha North 
27.12.2014


Agora, já atingiram grande parte do que vieram aqui fazer, todavia ainda terão um tempo antes de poderem ver toda a gama de suas realizações.

Na verdade, irão se encontrar chafurdando em frustrações por algum momento nos próximos tempos e a razão para isso será o simples fato de que todos sabem, a um nível superior de suas entidades, que o que veem as suas voltas de maneira nenhuma se assemelha à realidade na qual energeticamente já entraram.

Em outras palavras, o que veem não é o que são e, como tal, essa diferença entre esses dois estados é aquela que, para muitos, será difícil de conviver nos próximos tempos.

Agora é quando os desafios surgirão, nascendo a partir da certeza de que já sabe que a sua missão neste planeta tem sido um sucesso, embora, ainda os frutos de seu trabalho pareçam estar invisíveis.

Por isso, pedimos que se preparem, permitindo que o núcleo interior de cada um dê seu passo a frente da maneira que puder, enquanto mantém a conexão entre o seu eu humano e o seu verdadeiro e inviolado Eu e encontrarão, em todos os momentos, uma forma de navegar através do que, por vezes, parecerá ser águas muito agitadas.

Como veem, os efeitos bem sucedidos de seus esforços enérgicos durante este último período de tempo e que, em breve farão sua aparição conhecida de todos, embora façam de uma maneira que possa ser descrita como algumas formas inesperadas ou em momentos aparentemente inoportunos.

Um período de flutuações que trará com ele algo poderá se parecer, num nível superficial, como convulsões, em todas as conotações da palavra. Todavia, enquanto mantiverem essa conexão interior, literalmente sentirão em seus próprios ossos que não se trata de uma destruição e, sim, da instalação de padrões muitos novos.

E, como tal, o que poderá ser facilmente mal interpretado como um ato de demolição, por causa da demolição em si, simplesmente será uma reafirmação do que já foi posto em movimento.

Agora, as rodas estão verdadeiramente postas em movimento neste novo terreno já projetado, o lugar onde suas origens irão desempenhar um papel vital em suas vidas cotidianas de uma forma antes impossível.

Anteriormente, a humanidade estava contida num ambiente energético, projetado para reter muita informação, de tal forma que o atrito e frustrações criadas impulsionassem a todos numa busca por uma verdade interior que parecia ser algo muito elevado, mas que acabou sendo uma rua de sentido único para a destruição.

Todavia, graças a pessoas como vocês, o número de pessoas que rejeitava isso moveu-se em direção a este último, dando à totalidade da humanidade a oportunidade de pensar novamente e fazê-lo num espaço de beneficência energética, que permitisse que cada um tivesse a oportunidade de engatar seu vagão a este grupo jubilante de intrépidos exploradores que são e que já viraram as costas para o velho mundo.

E, pelo próprio ato de tomarem a decisão de fazê-lo, abriram sertões inexplorados, atravessando as linhas que delimitavam o conhecido do desconhecido, fazendo o que antes era, não só inacessível, mas também inimaginável, tornar-se um fato da vida.

Já atravessaram essa faixa alta, que escondia a terra prometida da vista de suas versões antigas e, como sabem, a jornada não foi sem desafios, nem sem sacrifícios.

Mas fizeram e, na medida em que se aventuraram cada vez mais alto e mais longe de suas origens humildes, literalmente abriram um caminho para aqueles indivíduos que ainda estiveram esperando por toda a vida, saírem da terra da falta e do medo.

E agora, o caminho à frente está bem claro e iluminado e, por isso, nas próximas semanas e meses, de repente, muitos se encontrarão sob o feitiço de um desejo muito forte de explorar, não tendo outra opção senão seguir esse impulso.

E, como uma verdadeira inundação de luz, deixarão de lado os velhos moinhos que os mantinham sob o peso e acorrentados ao velho mundo, partindo numa jornada que será muito mais suave e menos assustadora do que a que vocês, os verdadeiros pioneiros, tiveram de empreender.

Mas, é por isso que, em primeiro lugar, vieram para cá. Para serem os pioneiros, os intrépidos, aqueles que sabiam que nada mais significaria do que seguir esse chamado interior de seus corações, o chamado que enviaria seus espíritos voando acima e longe da vida que tinham vivido até aquele momento no tempo.

E, um por um, atenderam ao chamado, arrumaram suas malas e partiram, jogando fora seus antigos pertences, na medida em que se davam conta de que, para onde estavam indo, não havia necessidade de levar a velha bagagem que, uma vez, pensaram ser tão essencial.

E assim, enquanto continuaram sempre em frente, fizeram isso cada vez mais livres do peso das lições de outrora, ao mesmo tempo em que começaram a ver que essas lições eram essenciais para seus preparativos deste êxodo.

Logo, em seguida, chegou o momento de se afastarem delas, a fim de tornarem esta peregrinação viável. E, assim, aqui estão, na fronteira daquilo que poderia ser denominada de terra prometida, mas que numa descrição mais precisa, é a terra escolhida.

Onde estão agora, é onde optaram por migrar, onde o que os atraiu para este espaço e tempo foi um chamado, uma vibração interior constante, um diapasão que os levou a dar cada passo e decisões que tomaram, não apenas nesta vida, mas em todas as anteriores.

Apenas sabiam onde teriam que virar em cada encruzilhada que se apresentasse e, assim, passo a passo, ao dispensarem cada opção que não estivesse em sintonia de seu verdadeiro norte, chegaram até aqui.

Mas agora que estão aqui, olham ao redor e dizem: "é isso?". E se derem uma olhada superficial em volta, não se culpem em pensar exatamente isso. Para o que olhar, verá tudo assustadoramente parecido com o que você acham que deixaram para trás.

Então, dizemos para olharem de novo e, desta vez, olharem com seus corações e pensamos que o que verão será uma paisagem muito diferente. Verão o potencial para, em seguida, verem o Amor e uma multidão de seres iluminados se aproximando, vinda de todos os lados.

Então, saberão em seus corações que estão aqui, que chegaram e que agora é hora de arregaçarem as mangas e começarem a trabalhar, lançando o acampamento e começarem a por as coisas em ordem. Agora, muita coisa será posta em movimento.

Ações e ideias, conexões e configurações e quando começarem a se estabelecer neste ambiente energético muito novo, irão se sentir como se tudo fosse literalmente chutado para a vida, dentro e fora, em todas as formas imagináveis.

Agora, realmente, chegaram à terra de abundância, onde a vida irá brotar de uma maneira e numa velocidade diferente de tudo que já presenciaram, brotando e servindo não só para aumentar a velocidade de tudo em torno dela, novamente.

E assim, o que poderia ser parecido com um campo estéril e desprovido de vida, a promessa deste período de tempo exato, irá se mostrar aquilo que realmente é: uma tela em branco vibrando em antecipação, pronta para entrar em ação ao primeiro toque consciente de seus poderes recentemente surgidos.

Estão aqui para criar de tudo, mesmo que o quadro, suas ligações com a terra, já esteja em vigor, todo um restante precisa ser construído, a partir de todas as peças que carregaram em suas jornadas, esperando pela oportunidade certa para, novamente, verem a Luz.

Descartaram toda a velha bagagem, na longa viagem que os trouxe aqui, também liberaram o espaço necessário para que todo esse potencial até agora não reclamado, estivesse trancafiado.

E assim, como um ímã que atrai as limalhas de ferro, suas muitas peças foram atraídas, uma a uma, para esse potencial inexplorado, mesmo que esta bagagem adicional acrescentasse tanto peso para carregarem, não fosse um fardo para nenhum de vocês.

Longe disso, pois esta era a vontade de deixar ir o velho e permitir que o estabelecimento do novo a bordo, para a etapa que teriam aliviado a carga suficientemente, para todos chegarem onde vocês estão agora, pois não desejaram parar e que, por sua vez, voltaram-se para esperar pelos retardatários ou para pegar a bagagem restante de outros que permitiram a essa transição em massa acontecer.

E, dessa forma, são os verdadeiros criadores desta nova terra, não apenas repleta de promessas, mas que também flui sobre o potencial já manifestado.

Pois mesmo que achem ser quase impossível, sequer percebendo nada dessa realidade ainda recém-formada, saibam que ela já está AQUI e está aqui porque a criaram - em seus corações e em seus aspectos mais elevados, embora, no entanto, pouco ou nenhum vestígio pareça estar facultado às suas partes humanas terrenas.

Mais uma vez, isto será capaz de causar frustração em alguns de vocês. Por isso saibam que essa é simplesmente uma etapa em que precisam estar firmes, onde a melhor maneira de vencê-la, é tentar fechar os olhos para a forma de como o mundo exterior ainda aparece para vocês e fazerem o que for preciso, a fim de ajudar a si mesmos para verem tudo através de seus corações.

Sabemos que estas palavras por si só, são capazes de causar frustrações, embora, estejamos simplesmente fazendo o que viemos aqui fazer, ou seja, lembrar a todos que estão muito, muito maiores e muito mais realizados do que atualmente são capazes de discernir, além dos pequenos e ocasionais vislumbres desta grandeza que chegam em alguns de vocês em intervalos irregulares.

Então, novamente, pedimos que mantenham o foco onde ele deve estar e que não façam as vibrações de seus corações decaírem. Sabemos que todos sabem do que estamos falando, pois é realmente imperativo que não se permitam chafurdar na velha lama.

Por enquanto, a melhor coisa que podem fazer para ajudar seus espíritos a ascender, é permitirem-se encontrar uma maneira de não lutar ao encontrar uma nova onda para surfa-la.

Tudo que precisam fazer, é relaxar no vazio aparentemente vazio que os rodeia por todos os lados, para terem todo o apoio que agora precisam, para apenas flutuarem livremente neste interminável mar energético.

Pois mesmo que pareça calmo, simplesmente está repleto de vida, embora, por agora, todos estejam obrigados a apenas ESTAR nesta bolha energética ainda por algum tempo, até que todos os fatores estejam novamente preparados para um novo surto de crescimento.

Lembrem-se de que esta é uma operação muito complexa e, mesmo que achem que estejam apenas balançando em torno de um remanso, na verdade, estão sendo preparados para todas as tarefas que os esperam, rio abaixo. Novamente repetimos que a paciência é agora realmente da maior importância.

Não adianta tentar forçar as coisas, pois isso servirá apenas para aumentar a frustração. Basta permitir que isso se desenrole no ritmo designado e saberem que nem mesmo que, às vezes, sejam duramente pressionados para acharem a inanição aparente das coisas um pouco irritantes, saibam que estará em todos os momentos no meio de uma colmeia em atividade, mesmo que não possam perceber muito das muitas coisas que estão acontecendo literalmente na velocidade da Luz, em todos os aspectos.

Então, permitam-se simplesmente SER e, se necessário, ficarem também frustrados, embora sabendo que toda essa energia, aparentemente reprimida que estará beliscando seus calcanhares como um cão impaciente, seja apenas um sinal da chegada a um nível superior, sabendo que chegaram no lugar onde todo seus potenciais, finalmente serão autorizados a dar um passo em frente.

Então saibam que tudo está bem e que está acontecendo no momento e na sequencia exata em que foi concebida. Basta confiar em sua própria voz interior, para que continuem a enviar o mesmo sinal tranquilizador, se permitirem-se a ouvi-las.

E em breve, este período de aparente inércia chegará a um fim e todos serão catapultados num verdadeiro banquete de atividade energética que irá lhes trazer não apenas exaltação, mas também uma sucessão de exemplos e oportunidades e dizerem que foi "bem feito", não apenas para si mesmos, mas para todo o coletivo. 

Em seguida, todos estarão praticando atos e obras que não podem ser descritos de qualquer outra forma que não sejam momentos de bem-aventurança. Então, começarão a fazer realmente tudo o que vieram aqui fazer quando seu coração, finalmente, começará a cantar a sério.

http://stelalecocq.blogspot.com/2014/12/o-manuscrito-de-sobrevivencia-parte-431.html
Fonte: Aisha North – Channelingsand Words of Inspiration
Tradução: Sementes das Estrelas / Candido Pedro Jorge

Extraído de: http://stelalecocq.blogspot.com

O ANO DE 2015 = 8 INFINITO



O ANO DE 2015 = 8 INFINITO
Por Solange Christtine Ventura


2015 - Será regido pela vibração do número 8. 
Ou seja, o ANO DA COLHEITA!

Aqueles que plantaram coisas boas no decorrer de todo ciclo colherão prosperidade, abundância, união de relacionamentos, encontros de ALMAS GÊMEAS.....

Os que plantaram chuvas colherão tempestades porém, aqueles que semearam LUZ E AMOR colherão dias ensolarados, bem-aventurança, alegrias, sucesso....

Será um ano MARAVILHOSO, pois traz a energia do INFINITO, o oito invertido, expansão espiritual, ASCENSÃO....Tempos de usufruir o melhor da vida, aproveitar o momento para expandir nossa consciência e despertar para patamares mais elevados....

Este ano foi muito duro, muitas questões vieram a tona para serem trabalhadas e transmutadas, pois foi regido pela vibração do número 7, kármico, espiritual, onde tudo precisa ser revelado.....

No ano de 2016 será um ano revelador, pois será regido pela vibração do número 9, término de ciclo em todos os níveis espiritual, material, pessoal, relacionamentos, etc. Por isso a importância do próximo ano de 2015....

TUDO O QUE FOCAR NO ANO QUE VEM IRÁ EXPANDIR PARA OS PRÓXIMOS ANOS, SEJA REFERENTE À PROSPERIDADE, RELACIONAMENTO, EXPANSÃO DA CONSCIÊNCIA, ASCENSÃO!!!

Vamos nos programar desde agora para assumir de vez nossa condição de MESTRE ASCENSIONADO?

Vamos nos programar desde agora para expandir a PROSPERIDADE E ABUNDÂNCIA aos quatro ventos deste Planeta a toda humanidade?

Vamos nos programar para viajar, conhecer lugares maravilhosos da Mãe Terra?
Vamos nos programar desde agora para ser nós mesmos?
Vamos nos programar desde agora para manifestar nossa ESSÊNCIA DIVINA?

Vamos nos programar desde agora ser FELIZ???

Por favor, respeite todos os créditos ao compartilhar
http://stelalecocq.blogspot.com/2014/12/o-ano-de-2015-8-infinito.html
Fonte: https://www.facebook.com/Cura.e.Ascensao


Extraído de: http://stelalecocq.blogspot.com
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...