quinta-feira, 30 de abril de 2015

PERDÃO FÁCIL, SEM ARREPENDIMENTOS



PERDÃO FÁCIL, SEM ARREPENDIMENTOS
Mensagem de Jennifer Hoffman
29 de Abril de 2015


Estou triste e as minhas orações estão com o povo de Nepal, da Índia e do Tibete, cujas vidas foram devastadas pelo terremoto deste final de semana. Quando estes tipos de desastres ocorrem, somos lembrados da rapidez com que a vida pode mudar e como ela é frágil.

A Terra está liberando energia também, assim como nós. Tenho que mencionar que há outras forças em ação que contribuem com estes eventos, mas os danos que eles podem causar, são minimizados quando nos lembramos de que a energia positiva do coletivo é bem maior do que os objetivos equivocados daqueles que usam a tecnologia para promover as suas agendas de poder e controle. Até mesmo a mais ínfima luz alcança a escuridão em torno dela.

O perdão pode ser um tema desafiador quando o vemos como uma forma de “ajudar a alguém a sair de uma situação difícil”, por assim dizer, e tentarmos nos convencer de que o que eles fizeram não importa. Isto pode dificultar o perdão.

Mas há uma maneira mais fácil e eficaz de perdoar, e isto é fazê-lo a partir do ponto de reconhecermos o nosso papel e a nossa responsabilidade. Lembrem-se de que o perdão é um processo energético, não é emocional. E vocês podem perdoar facilmente, e sem arrependimento, quando usam este método do perdão. Este é o tema do artigo desta semana.

PERDÃO SEM ARREPENDIMENTO

Estava pensando hoje sobre o perdão e como é um assunto sobre o qual é difícil de falar, considerar e agir. O que achamos que temos que perdoar é geralmente algo que é difícil de liberar. As pessoas podem fazer coisas terríveis para o outro e há coisas que achamos que são imperdoáveis, se encararmos o perdão como um indulto ou uma absolvição, como se o que eles fizeram não fosse importante, ou não importasse para nós. Porque importa e muito.

As coisas que pensamos que deveríamos ou devemos perdoar são aquelas coisas cuja memória permanece conosco por um longo tempo. Lembramo-nos da dor que os outros nos causaram e não importa há quanto tempo isto aconteceu, a memória pode evocar sentimentos que ferem tanto quanto quando a situação aconteceu.

Mas assim não é encarar o perdão da maneira “certa”, pois além das emoções que abrigamos em relação a estas situações, há outra maneira mais poderosa de encararmos o perdão e esta é a partir de um ponto de vista energético. O perdão se trata principalmente de energia. Claro que há inúmeras emoções em torno dele, mas a decisão de perdoar é uma escolha de liberarmos as emoções e o controle energético que ele tem sobre nós.

Pensem em algo que alguém lhes fez e que realmente os aborreceu – foi algo indelicado, cruel, desatencioso, deliberadamente prejudicial e lhes causou muitos danos? Como se sentem agora? Podem ainda recordar cada detalhe?

Esta é a energia emocional que esta situação tem e é provável que vocês estejam se sentindo magoados, irritados, zangados, envergonhados e muito emotivos, quando se lembram das ações desta pessoa ou desta situação.

Por exemplo, lembro-me da primeira vez que um rapaz me magoou de uma maneira muito pública e humilhante. Eu tinha 16 anos. Hoje, não consigo me lembrar do seu rosto, ou do seu nome, mas me lembro como me senti infeliz e isto aconteceu há mais de 40 anos.

Estas emoções carregam uma energia muito forte e porque, geralmente, elas envolvem situações difíceis que recordamos por muito tempo, elas têm um impacto poderoso e duradouro em nossas vidas.

Quantas vezes vocês disseram que nunca mais iriam permitir que alguém os magoasse novamente, ou que ninguém mais iria se aproximar de vocês, por causa de algo que lhes aconteceu?

O que vocês acham que está sendo afetado em sua vida por estas crenças e sentimentos?
Muito mais do que pensam.

O Perdão não é uma absolvição, ou um indulto. Ele não torna algo “bem” e nem diminui ou remove a responsabilidade de outra pessoa pelo próprio comportamento.

O que ele faz é permitir que vocês se libertem de sua bagagem emocional, da mágoa e da raiva que limitam a sua vida, e assim, permite-lhes que sigam em frente.


E há uma maneira de fazer o perdão, que os impede de sentir que vocês estão permitindo que alguém “escape” do mau comportamento. Em vez de dizer “Eu o perdôo”, digam: “Eu perdôo a nós dois”. E há uma razão importante para isto.

Em meu Livro: “Trinta Dias com Milagres Diários”, eu falo sobre ser responsável pela sua realidade. Vocês criam tudo em sua vida e são responsáveis pela sua presença. Por que vocês criam situações dolorosas? Isto tem a ver com as suas lições de vida, com o seu propósito de cura e com o carma.

Em várias décadas, proporcionando orientações intuitivas para a vida dos clientes, tenho visto exemplos de coisas terríveis que podem ser feitas às pessoas pela família, companheiros, conhecidos e amigos. E tão terríveis como foram aquelas coisas, elas eram parte da jornada da vida que eles escolheram para si mesmos. Quando eles reconhecem a responsabilidade pelo seu caminho de vida e tomam o comando dela, eles têm o poder de mudá-la.

Se vocês não assumem a responsabilidade pelo que está em sua vida, por tudo o que há nela, vocês não podem também agir para mudá-la, porque o poder que vocês usaram para criar esta realidade, é o mesmo poder que vocês usarão para criar uma realidade diferente.

Ao reconhecerem a sua responsabilidade por tudo em sua vida, vocês também reconhecem o poder que têm de escolher um caminho diferente na vida.

Caso contrário, vocês estão culpando alguém pela sua vida e dando o seu poder a ele. Ou estão esperando que ele, em um momento de amor e de inspiração, desculpe-se pelo seu comportamento e lhes diga que ele está arrependido. Isto é buscar a redenção, não o perdão, e pode ser uma estratégia muito decepcionante.

Como vocês perdoam sem se sentirem fora do controle?

Ao dizerem: “Eu perdôo a nós dois”, em vez de: “Eu o perdôo”, quando fazem um exercício de perdão. E ao dizerem “nós” em vez de “você”, vocês removem as conexões energéticas que existem entre vocês e esta pessoa e situação, mantêm o seu poder intacto, assumem a responsabilidade e não entregam o seu poder. Vocês também se dão o encerramento, que é algo que somente vocês podem criar em sua vida.

Eis aqui como funciona:

Imaginem alguém que os feriu de alguma maneira, e pode ser qualquer um em sua vida. Vocês não têm que se ligar às emoções, mas podem, se sentirem que é necessário. Quando vocês o estiverem vendo a sua frente, imaginem um cordão que vai de vocês até ele, que mantém a energia da situação e todas as emoções em torno dela.

Agora, olhem para ele no olho, e digam: “Eu perdôo a nós dois”, com a intenção de remover esta conexão, dissolver o cordão de ligação e liberar todos os aspectos da situação que existem entre vocês.

Vocês podem precisar fazer isto várias vezes com alguém, até que realmente sintam a liberação, mas, eventualmente, serão capazes de pensar nesta pessoa ou situação, sem que se sintam irritados ou perturbados. E, também, serão capazes de parar com o alastramento destas emoções para o resto de sua vida.

Quando eu ajudo os clientes a trabalharem com este problema difícil e eles expressam a sua tristeza, raiva e frustração de como eles foram tratados tão mal, eu concordo com eles que é uma coisa horrível de terem experienciado. Mas, então, eu lhes pergunto por quanto tempo ainda eles querem continuar a se sentir assim, porque até que eles estejam dispostos a liberar esta energia, ela continuará as sugá-los, roubando-lhes a sua alegria e a sua paz.

O perdão não é uma absolvição: é uma desconexão e para nos reconciliarmos com o perdão, devemos encará-lo desta forma.

E , caso precisem, façam dele um processo inteiramente egoísta, algo que façam para si mesmos, sem considerarem as necessidades de qualquer pessoa. Se quiserem se sentir melhor, mais felizes, mais completos, mais realizados e em paz, então, perdoem, (ou se desconectem), de todas as pessoas e situações que, energeticamente, interferem em sua alegria.

Espero que este artigo os ajude a perdoar alguém de uma forma poderosa e satisfatória, ajudando-os a colher os benefícios do perdão, sem que se sintam como vítimas e impotentes por uma situação que vocês podem desejar que nunca tivesse acontecido e sobre a qual não tiveram qualquer controle, mas que podem agora liberar, para que ela não mais tenha controle sobre a sua vida.

Por favor, respeite todos os créditos ao compartilhar
http://stelalecocq.blogspot.com/2015/04/perdao-facil-sem-arrependimentos.html
http://enlighteninglife.com
Tradução: Regina Drumond – reginamadrumond@yahoo.com.br
Grata Regina!

Extraído de: http://stelalecocq.blogspot.com

A DANÇA DA LIBÉLULA - PERSPECTIVAS DO NOVO XAMANISMO


A DANÇA DA LIBÉLULA: 
PERSPECTIVAS DO NOVO XAMANISMO
Mensagem de Célia Fenn
29 de Abril de 2015


A Libélula dança de um lugar para outro
Com graça alegre e inefável
Asas brilhantes, faiscando matizes
Lembre-se de que você é o Dançarino também
Sua dança de luz cria tudo o que você vê
Girando, rodopiando, dançando e livre

Tem sido uma jornada realmente poderosa e intensa através dos portais do Eclipse e do Equinócio. A mudança foi imensa e estamos, lentamente, adaptando-nos a uma nova realidade multidimensional.

Como Humanos Galácticos da 9ª Dimensão, estamos aprendendo a nos movermos com graça entre as dimensões da consciência ou, o mais importante, de mantermos simultaneamente várias dimensões diferentes como um acorde musical.

É isto o que significa ser um Mestre de Luz no Planeta Terra.

A “Dança da Libélula” parece ser uma boa metáfora para o processo de alinhamento com as novas energias e de interação com o fluxo recalibrado do tempo neste novo espaço.

A Libélula se movimenta de um lugar para o outro muito rapidamente, com suas asas transparentes, às vezes, pairando por algum tempo, algumas vezes, dobrando as suas asas sobre a sua cabeça em perfeito descanso e quietude.

O nosso movimento através do tempo tornou-se um pouco assim também. Nós nos movemos rapidamente de um lugar para outro, de evento para evento, ou de portal a portal. Então precisamos "parar" ou descansarmos, para permitirmos que nossos corpos assimilem e integrem as energias poderosas de nossa dança rápida na luz cósmica.

Nesta dança ou vôo, somos banhados na energia do Código de Luz que é tecida em novas formas de criação e experiência, em diferentes níveis dimensionais.

Desde fevereiro de 2014, nossa experiência do tempo mudou dramaticamente, pois nos abrirmos totalmente para a Quarta Dimensão e aprendemos a ser um Mestre do Tempo, ou um hábil "viajante do tempo".

A Viagem no Tempo deixou-nos sentindo um pouco desorientados, enquanto nos acostumamos a nos movermos entre "o não tempo" no "centro" do nosso ser na Luz Divina, para o sentido relativo e mutável do tempo em nossas Espirais do Tempo ou Linhas de Tempo multidimensionais.

Esta redistribuição da Fase do Tempo irá aumentar à medida que avançamos em direção ao Grande Portal de 2015, o Portal de Leão no 8/8/8 (08 de agosto de 2015). O que nos ajudará a ficarmos ancorados, centrados e em contato com nós mesmos, é uma compreensão do que está acontecendo, e a capacidade de usarmos as "ferramentas" do Xamã Estelar para dançarmos entre as dimensões como uma libélula.

Dançando na Luz.
Dançando na Luz
Dia e Noite
Fluindo com o Tempo
Na Galáxia
Rumo às Estrelas
Fluindo com o Tempo
Dançando na Luz
Dia e Noite
Sonhos da Libélula
Vôo da Libélula
Dançando na Luz
Dia e Noite.

Ao entendermos por que grande parte da vida está mudando tão rapidamente, temos uma vantagem sobre como lidarmos com estas mudanças e transformações dramáticas.

Em Dezembro de 2011, o Planeta mudou para a 5ª Dimensão, e até 2012 foi firmemente ancorado na 5ª Dimensão. A Terceira Dimensão continuou a existir, mas a sociedade e a civilização, baseadas na dualidade e no conflito, estavam no processo de desintegração, de modo que a Humanidade pudesse se elevar em consciência e se tornar uma civilização da Quinta Dimensão, alinhando a sua frequência ou ressonância com a da Terra em ascensão, ou a Nova Terra como é conhecida.

Assim é que muitos de nós estamos agora vivendo entre as versões da realidade da terceira e da quinta dimensão. Muitas vezes, o nosso sentimento de alienação, de ansiedade e de desconexão é um resultado da gangorra entre as dimensões e as linhas do tempo, à medida que aprendemos a compreender o que nos está acontecendo.

O lado brilhante disto é a abertura da sexta dimensão com o seu maravilhoso acesso à criatividade mágica. Enquanto a sua consciência se eleva, vocês se perceberão querendo passar mais tempo neste reino mágico dos arquétipos e da inspiração.

Mas, mesmo quando celebramos a nossa chegada à rede de interligação da quinta dimensão e os campos da co-criação mágica da sexta dimensão, estamos aprendendo a dominar a quarta dimensão, que é o reino do Tempo e do Tempo/Espaço. Isto é porque a nossa sensação do tempo pode estar tão perturbada, e podemos nos encontrar ansiosos e esquecidos.

Não, vocês não ficaram loucos; vocês estão apenas experienciando uma anomalia do Tempo/Espaço, enquanto vocês cruzam e experimentam o fluxo do tempo em seu trabalho de se tornarem um Mestre do Tempo na Terra.

Assim, com o acesso dos reinos mais densos na Terra, até o Centro Galáctico ou Grande Sol Central, estamos certamente mudando e nos movendo. Não somos o que costumávamos ser, e ainda não chegamos totalmente aonde estamos indo. Estamos em curso. Pode ser confuso e irregular, mas, pelo menos, podemos relaxar, sabendo que a Alma, o Espírito e o Eu Superior estão navegando conosco nesta fase de nossa jornada na Terra.

ACESSANDO O FLUXO MULTIDIMENSIONAL

Começamos no coração
Nossos sonhos se põem em fuga
Movendo-se através de Espirais
Do Tempo e da Luz
A Beleza surge
Nas obras de arte
Refletindo a Beleza
De um Coração Compassivo

Neste momento de intensa mudança e transformação, muitos se sentem desorientados e ansiosos, às vezes. À medida que o velho se desintegra, muitas das coisas em que confiávamos, com uma sensação de segurança e felicidade, não mais são válidas ou verdadeiras para nós. Em vez de nos tornarmos céticos e irritados, deveríamos observar como mudamos e como podemos acessar plenamente os fluxos mágicos da energia e participarmos da “Dança da Libélula”.

O que aprendemos com nosso trabalho com as energias da Ascensão é que termos um centro cardíaco aberto e equilibrado é o ponto de ancoragem e equilíbrio na nova realidade. Um centro cardíaco equilibrado significa que nós trabalhamos com os quatro componentes do "Sagrado Coração", a União Divina do energias masculinas e femininas, e a União Sagrada do Céu e da Terra dentro de nós. Isso nos conecta com Tudo O Que É e nos permite sentir e compartilhar o poder sagrado da vida em nossa galáxia e na nossa Terra.

Uma vez que realizamos a iniciação do Sagrado Coração, somos capazes de nos movermos para o fluxo da Magia e da Dança da Libélula. Isto requer que ativemos e entremos na sexta e na quarta dimensões da consciência. A Sexta Dimensão é o Reino da Magia, da Arte, da Criatividade e da Diversão. É aqui que nós percorremos o Mundo dos Sonhos e trazemos de volta visões e sonhos mágicos para que se manifestem em nossa Realidade.

A chave para a sexta dimensão é a Arte, a Criatividade e a Imaginação. Muitos daqueles que alcançaram o Equilíbrio do Sagrado Coração, de repente, encontram-se atraídos para expressões de criatividade, que podem incluir a arte, a dança, a música e a poesia. Esta é a forma de acessarmos o Sonho Cósmico, ou a Dança Cósmica, aprendendo, literalmente, a dançarmos, cantarmos e nos divertirmos com as ferramentas da criatividade.

O fluxo da inspiração, dos sonhos e ideias que ativamos nestas atividades, ajuda-nos a nos elevarmos para as Dimensões Mágicas dos Arquétipos e as Visões de Sonhos que sustentam a realidade material.

Ao mesmo tempo, ativamos o nosso acesso à Quarta Dimensão do Tempo. Um Mestre do Tempo cria em uma Espiral ou Linha do Tempo, e domina a manifestação perfeita do seu sonho em uma Espiral de Luz. À medida que vocês avançam habilmente como um Viajante ou Criador do Tempo, vocês também aprendem como co-criar Sonhos e Espirais como parte de um Grupo, ou uma Comunidade maior.

Esta é uma das razões por que muitos estiveram sentindo o stress dos lapsos do tempo, as mudanças nas linhas do tempo e os saltos no tempo. Estamos ainda aprendendo como “anularmos” a mente, que aprendeu a proporcionar a ilusão reconfortante de “continuidade”.

Estamos vendo agora a realidade de diferentes Linhas do Tempo e como o tempo é “descontínuo” quando mudanos entre as linhas do tempo e as espirais do tempo. Quando aprendemos a aceitar a descontinuidade e os novos inícios, ficamos mais à vontade com os inícios e finais das Espirais do Tempo e as suas histórias em nossa jornada criativa na Terra.

AS FERRAMENTAS DO XAMÃ GALÁCTICO

Eu ando no Círculo Sagrado
Honro as Quatro Direções
Faço as Cerimônias
Na Terra EU SOU
O Xamã Estelar
Viajante das Espirais Galácticas
Mestre das Ondas de Luz
Eu vivo na Terra
Tudo é Sagrado
No Círculo da Vida

Como podemos acessar melhor o potencial de nosso Corpo de Luz plenamente ativado e ancorarmos este de uma forma significativa, para a Nova Terra? Descobri que seguir o caminho do Xamã Estelar fornece uma série poderosa de ferramentas que podem ser usadas para se ancorar e trabalhar como um agente criativo na Nova Terra.

O Novo Xamanismo se concentra no Coração e, então, faz uso do poder de conexão da Quinta Dimensão e a interligação de todas as coisas para acessar a essência da Natureza e da Terra. Acessa também a Sexta Dimensão muito poderosamente, através de atos de criatividade e na cerimônia, através da música, da dança, da percussão, de jornadas de som e de outras formas de expressão sagrada.

A partir desta base, é também possível viajar no Sistema Solar, na Galáxia e além, para outros sistemas Cósmicos de Luz na Rede da Consciência Cósmica.

Enquanto a Terra ascende, ela está entrando em uma fase de Alegria e de Harmonia. Se desejarmos nos alinhar com a Terra em ascensão, precisamos também estar nesta frequência de Alegria e de Harmonia, de uma forma ancorada. Trabalhar com as ferramentas do Novo Xamanismo é uma maneira perfeita de acessarmos a Dança da Libélula e as Frequências da Nova Terra.



A DANÇA DA ATIVAÇÃO DA LIBÉLULA

Para se prepararem para esta ativação, encontrem um lugar tranquilo para se sentarem ou deitarem. Comecem a respirar profundamente, concentrando-se em seu Centro Cardíaco – inspirando e expirando.

Agora concentrem a energia do seu coração através dos seus pés e na Terra, conectando-se com o Coração cristalino da Terra.

Respirem profundamente.

Tragam de volta a energia para o Coração.

Respirem profundamente.

Agora levem a energia para o Coronário, em sua cabeça, e para o Coração Cósmico de Deus, conectando-se com as pulsações de Luz e de Amor.

Respirem profundamente.

Agora tragam de volta a energia para o coração e a fundam com o Céu e a Terra, respirando profundamente, novamente.

Agora, vendo-se como o centro, projetem um círculo de luz ao redor de vocês e honrem as quatro direções: Leste, Sul, Oeste e Norte, e os Quatro Elementos: Ar, Água, Fogo e Terra.

Agora, invoquem os seus Guias Espirituais, os animais Totem, ou os Guias Angélicos com que desejam trabalhar.

Agora, invoquem o Espírito da Libélula.

Em breve, vocês sentirão uma luz e uma energia mágica e se tornarão conscientes das asas brilhantes de luz pairando em torno de vocês. Aproveitem os sentimentos e sensações.

Então, irão se conscientizar da dança da luz e da mudança de matizes e tons, enquanto a Libélula dança. Vocês também podem ouvir sons que lhes recordam os sons dos anjos.

Fiquem cientes de que a Libélula está lhes pedindo que dancem e sonhem nos Níveis Superiores de Consciência!

Vocês podem sentir o desejo de se levantar e dançar com a Libélula, ou podem, simplesmente, apenas permitir que a sua imaginação dance na Luz!

Enquanto vocês dançam, estão se movendo através dos Campos de Luz e girando os seus sonhos, desejos e visões em manifestação.

Concentrem-se em algo que desejem manifestar em sua vida e dancem os sentimentos e a gratidão em manifestação com a alegria! Dancem também a Alegria, a Paz e a Harmonia em manifestação na Terra!

Agora a Libélula pousa, e é hora de dobrar suas asas brilhantes de luz e descansar.

Respirem profundamente e descansem.

Está feito!

Agora, agradeçam à Libélula e retornem ao seu Centro Cardíaco. Respirem profundamente e fechem o Círculo Sagrado, dando graças e gratidão a todos que trabalharam com vocês, aos Elementos e às Quatro Direções.

Concentrem-se em seu Coração.

Respirem profundamente.

Ancorem-se novamente e retornem à realidade de vigília quando se sentirem preparados.

Saibam que a sua Dança e o seu Sonho irão se manifestar no momento adequado e para o bem maior de todos.

Nota Stela - Leia tambem "O ANO DA LIBÉLULA - PERSPECTIVAS DO NOVO XAMANISMO"

Por favor, respeite todos os créditos ao compartilhar
http://stelalecocq.blogspot.com/2015/04/a-danca-da-libelula-perspectivas-do.html
http://starchildglobal.com
Tradução: Regina Drumond – reginamadrumond@yahoo.com.br
Grata Regina!

Extraído de: http://stelalecocq.blogspot.com
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...